logo
A powerful architecture & Construction theme. Construct your website in the perfect Ratio.
Alienum phaedrum torquatos nec eu, vis detraxit periculis ex, nihil expetendis in mei. Mei an pericula

Blog

Arquitetura & Design / blog  / Edifício no Porto de Antuérpia / Zaha Hadid Architects

Edifício no Porto de Antuérpia / Zaha Hadid Architects

O novo edifício do Porto em Antuérpia renova e amplia uma estação de bombeiros abandonada tornando-a uma nova sede para o porto.

A composição arquitectónica estabelece uma nova relação entre a construção antiga e um novo volume que “flutua” em cima do antigo edifício, respeitando cada uma das antigas fachadas e completando a verticalidade da torre que nunca chegou a ser realizada no projeto original.
Como a proa de um navio, a nova extensão idealizada por Zaha Hadid aponta para o rio Scheldt, conectando o edifício com o rio onde Antuérpia foi fundada.

O projeto de Zaha Hadid Architects é composto pela pesquisa histórica detalhada e uma análise aprofundada, tanto do local quanto do edifício existente. Como a proa de um navio, a nova extensão aponta para o rio Scheldt, conectando o edifício com o rio onde Antuérpia foi fundada.

A cobertura composta por um revestimento de figuras triangulares conjuga superfícies transparentes e opacas. Esta mistura garante luz solar suficiente no interior do edifício, ao mesmo tempo que controla o excesso de luz solar para garantir condições de trabalho ideais. Além disso, a alternância de painéis transparentes e opacos divide o volume da nova extensão e gera vistas panorâmicas do rio, da cidade e do porto, bem como proporciona um espaço fechado.
A fachada ondulante do anexo da cobertura é composta por formas facetadas a sul que, gradualmente se tornam tridimensionais em direção ao norte. Esta perceção do volume transparente cria uma aparência brilhante e reinterpreta a própria cidade de Antuérpia, conhecida pela cidade dos diamantes. A forma arquitetónica parece lapidada e muda a sua aparência, de acordo com a intensidade da luz do dia. A nova fachada reflete a mudança das condições de luz que refletem a água.

O pátio central da antiga estação de bombeiros foi fechado com uma cobertura de vidro é é agora uma área de receção para o novo Porto. A partir deste átrio central, os visitantes acedem a uma sala de leitura pública e à biblioteca, que fica na antiga garagem dos bombeiros mas que foi cuidadosamente restaurada e preservada. Os elevadores panorâmicos permitem o acesso à nova extensão e uma vista panorâmica da cidade e do porto.

O edifício agrega vários espaços tais como um restaurante, salas e auditório localizadas no centro nos níveis superiores e nos pisos inferiores estão as salas de reuniões. Os outros andares destinam-se a espaços de escritórios.